A LIVRARIA MISTERIOSA

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS   A livraria misteriosa (L.F. Riesemberg)         “Livraria”. Era apenas o que constava entalhado na placa torta acima da entrada do estabelecimento.   Adentrei ao recinto tomado pelas sombras, e logo a porta fechou-se às minhas costas com estrondo.   O ambiente estava habitado por[…]

SOLUÇÃO DRÁSTICA

SOLUÇÃO DRÁSTICA Ao despertar, naquela fria e úmida manhã de outono, Cornélio estava decidido. Iria dar um fim àquela realidade abjeta e desoladora que chamava de vida. Enxergava sua própria existência como um fardo e não conseguia mais lidar com a impiedosa cobrança de viver em sociedade. Por 29 anos foi do tipo que não[…]

Terror-45

A Casa dos Rostos

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS A CASA DOS ROSTOS Ao entrar em sua modesta cozinha em uma abafada tarde de agosto de 1971, Maria Gomez Pereira, uma dona de casa espanhola, espantou-se com o que lhe pareceu um rosto pintado no chão de cimento. Estaria ela sonhando, ou com alucinações? Não, a estranha[…]

Terror-48

A Casa dos Demônios

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS A Casa dos Demônios A Casa dos Demônios Os Stvesons eram uma família perfeita…., tudo ia bem. O pai e chefe da família era o Sr.Richard, um homem severo, e disciplinado que às vezes se irritava a toa. A mãe a Sra.Melissa era um exelente dona de casa,[…]

Terror-7

EXPURGAR O MAL

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS EXPURGAR O MAL Expurgar o mal Permitam-me que manche estas páginas níveas que têm pela frente, com o sangue que ainda escorre das minhas mãos assassinas. Eu sempre fui o mais sereno dos homens. Na vila onde vivo, as pessoas fitam-me com alguma compaixão, como se exibisse um[…]

Terror-28

ESPELHO MALDITO

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS ESPELHO MALDITO Aviso: A historia a seguir tem causado em muitos leitores e pesquisadores, os chamados “fenômenos parapsicológicos” alucinações derivadas de um estado de excitação do subconsciente, que levam pessoas pré dispostas a terem visões e ate mesmo a ouvirem vozes. 12345 Se você se impressiona com facilidade,[…]

Terror-3

Vulto na janela

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS VULTO NA JANELA Aconteceu no início do ano de 1988. Eu estava dormindo e tendo pesadelos quando acordei sobressaltada. Sentei-me na cama e tentei me acalmar afinal de contas eu estava no final da minha primeira gravidez, quando olhei para o lado percebi um vulto fechando a janela;[…]

Terror-12

A Aparição

JURA EM PROSA E VERSO CONTOS MISTERIOSOS A Aparição Um jovem chamado Marlon vivia com os pais numa capital brasileira. Era como todos os outros, gostava das mesmas coisas, musicas, cds, garotas, como os de sua idade. Uma noite, na rebeldia de sua adolescência, discutiu com seu pai, quase chegando a agredi-lo, só não o[…]