JURA EM PROSA E VERSO

SAÚDE - TEXTOS SOBRE A SAÚDE

QUERO SER FISIOTERAPEUTA

Professor Odir de Souza
Fisioterapeuta da Seleção Brasileira de Futebol

 

 

No sentido amplo da palavra, a Fisioterapia é a ciência que estuda o movimento humano, utilizando recursos físicos no tratamento e na cura. O profissional estuda, diagnostica, previne e trata de todo e qualquer distúrbio da biomecânica e funcionalidade humana, seja ela de órgãos ou sistemas. Ele será capacitado para avaliar, prescrever e diagnosticar pacientes que possuam lesões ou disfunções, como também se utilizar de ações preventivas.

O fisioterapeuta pode ser autônomo ou atuar em consultórios, asilos, clínicas e centros de reabilitação, escolas, clubes, hospitais, unidades de saúde e empresas, sejam elas no setor privado ou público.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), para um país de 160 milhões de habitantes é necessário um quadro de 160 mil profissionais. No entanto, aqui no Brasil, temos em torno de 40 mil profissionais registrados, sendo sua maioria concentrada na capital paulista. Hoje a carreira de fisioterapeuta é concorrida, principalmente no campo esportivo. Mas ela vai muito além disso. O profissional pode atuar na recuperação de pessoas acidentadas, portadoras de distúrbios neurológicos, respiratórios e até cardíacos.

Com a grande preocupação das empresas em relação a seus funcionários quanto à postura no ambiente do trabalho, o fisioterapeuta também se tornou um profissional da área de saúde preventiva, atuando em programas de reeducação postural com o intuito de prevenir, e, em alguns casos, até tratar de problemas musculares ou de coluna durante o expediente, proporcionando mais conforto e assim um melhor desempenho durante a execução do mesmo.

 

Alunos de Fisioterapia no ‘Castelo com Você
Cohab Realengo – junho 2010

 

O setor público é um campo com menos oportunidades, pois os concurso são raramente abertos. Fazendo dessa forma com que muitos profissionais optem por trabalhar de forma independente, realizando atendimentos domiciliares. E os pacientes são os mais diversos possíveis. O fisioterapeuta atende desde crianças até gestantes. Inclusive idosos com quadro de derrame e pessoas portadoras de deficiências física e mental.

Para exercer a profissão, além de realizar o curso de graduação de ensino superior, o futuro fisioterapeuta é obrigado a se registrar no Conselho Profissional da categoria de sua região. Quem regulamenta a profissão de Fisioterapeuta no Brasil é o COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional), subdividido em regiões em seus CREFITOs (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional). O Conselho Federal e suas regiões têm como principal objetivo ‘normatizar e exercer o controle ético, científico e social das atividades da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional, das profissões de Fisioterapeuta e de Terapeuta Ocupacional e das empresas prestadoras de tais tipicidades assistenciais ao meio social‘.

A grade curricular do curso abrange o ser humano como um todo. O aluno irá estudar Anatomia, Fisiologia, Histologia, Cinesiologia, Farmacologia, Bioquímica – mecânica e física, Embriologia, Citologia e Neurociências, além das disciplinas essenciais, como Sociologia, Filosofia, Ética e Antropologia. O futuro fisioterapeuta também é obrigado a saber analisar bioimagens, por isso, aulas de princípios básicos de interpretação de radiologia, ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética etc. são muito importantes para sua formação.

Na Castelo, o aluno pode vivenciar a prática da profissão desde o primeiro ano do curso na Clínica Escola e na comunidade, por meio de aulas práticas, como também  realizar pesquisas e projetos no NUPEF (Núcleo de Pesquisas em Fisioterapia). Em nossa grade contamos com 80% da equipe de professores qualificados em formação stricto sensu, ou seja, todos são Mestres ou Doutores na área, além de possuírem uma larga experiência no mercado de trabalho, permitindo aos alunos uma relação real entre a teoria e a prática. Um grande exemplo que temos é o fisioterapeuta da seleção masculina de futebol, Odir de Souza, como um de nossos professores. A UCB preza pela qualidade do ensino acima de tudo, para que tanto o profissional e seus pacientes possam receber o melhor atendimento e conhecimento necessários.

 

Clínica Escola Castelo Branco
UCB Realengo

De acordo com a tabela oficial de honorários do COFFITO, o salário base de um profissional de Fisioterapia que faz, por exemplo, atendimento domiciliar não pode ser menor que R$ 150. Dependendo do tipo de atendimento e procedimentos realizados nos pacientes, o profissional pode chegar a receber cerca de R$ 1.500 com um só paciente. Para saber dos valores de cada procedimento, consulte a tabela completa da COFFITO, onde existem valores para profissionais autônomos ou não.

Na Castelo, estamos com vagas abertas para o horário da manhã em nosso Vestibular 2010.2 no campus Realengo. O curso tem duração de quatro anos e é de graduação tradicional na modalidade presencial, onde os alunos terão oportunidades de praticar as teorias nas instalações da Clínica Escola. Estudantes portadores de diploma, acima de 50 anos, oriundos de outras instituições e parentes de alunos da universidade têm direito a descontos. O processo seletivo pode ser realizado através do telefone (21) 3216-7700, presencialmente ou através de nosso site. A taxa de inscrição é de R$ 20 e ainda oferecemos opções de financiamento com os programas FIES e PRAVALER.

– See more at: http://www.castelobranco.br/blog/?p=43#sthash.WS6hmwtE.dpuf