JURA EM PROSA E VERSO

 

POESIAS E TROVAS POPULARES

 

 

OUTONO - SELEÇÃO DE TROVAS

 
 

 


Com mágoas não perco o sono
e sigo, alegre, a cantar
pisando as folhas de outono
que enfeitam meu caminhar!
Antonio Juraci Siqueira – Belém/PA

 

 
A idade é, por excelência,
a grande mestra do amor.
– É no outono da existência
que a paixão tem mais calor!
A. A. de Assis – Maringá/PR

 

 
Nossas bocas se encontrando,
lembram, no outono da vida,
duas saudades buscando
a primavera perdida !
Almerinda F. Liporage (Tita) - Rio de Janeiro - RJ

 

 
Foste a pior das escolhas...
e no outono, em meus cansaços,
eu me sinto uma das folhas
que despencou dos teus braços.
Almerinda F. Liporage (Tita) - Rio de Janeiro - RJ

 

 
Pleno outono ... e em meu atalho,
sem um amor que me acolha,
invejo a sorte do orvalho
que se abriga em qualquer folha.
Edmar Japiassu Maia - Rio de Janeiro - RJ

 

 
Folhas multicoloridas
lembram peças de artesão,
pois no outono, desprendidas,
formam tapetes no chão
Alba Helena Corrêa - Niterói/RJ

 

 
Ressequidas e revoltas,
rolando sem direção,
lembranças são folhas soltas
no outono do coração.
Marina Gomes de Souza - Bragança Paulista/SP

 

 
Refaça ilusões frustradas!...
O outono nos dá a lição:
- Com folhas secas, pisadas,
tece tapetes... no chão!
Therezinha Dieguez Brisola - São Paulo/SP

 

 
A humanidade parece
- neste nascer e morrer -
folha de outono que desce
ao chão, pra outra nascer.
Célia Guimarães Santana - Sete Lagoas

 

 
Quando a folha seca e muda
segue no seu abandono,
ela abraça o vento e ajuda,
com arte, a pintar o outono.
Lúcia Sertã – Nova Friburgo – RJ 

 

 
Se despe a vegetação
da folhagem ressequida
é que é outono - a estação
dos doces frutos da vida.
Adamo Pasquarelli – S. J. dos Campos/SP

 

 
Folhas migradas de outono,
tais quais meus sonhos trincados,
vagam pelo chão, sem sono,
à demanda de outros prados...
Dáguima Verônica – Santa Juliana/MG

 

 
O Outono ordena: ”Ao trabalho!”,
e o vento, sem mais escolhas,
desnuda galho após galho,
vestindo as ruas de folhas.
Darly O. Barros – São Paulo/SP

 

 
As folhas, antes viçosas,
da natureza o pulmão,
inda mostram-se graciosas
mesmo pisadas no chão!
Francisco José Pessoa – Fortaleza/CE

 

 
Mesmo no outono da vida
continuo a caminhar,
piso a folha ressequida;
mas há luz em meu olhar!
Gislaine Canales – Balneário Camboriú/SC

 

 
Ressequidas e revoltas,
rolando sem direção,
lembranças são folhas soltas
no outono do coração.
Marina Valente – SP

 

 
Numa profusão de cores
vem o outono, sedutor,
inspirar os sonhadores
num convite para o amor.
Eliana Jimenez – Balneário Camboriú/SC